domingo, 3 de fevereiro de 2008

CARNAVAL EM CASA

Há muito que não brinco carnaval. A última vez, há uns dois anos atrás, fomos a Recife, no Marco Zero e nas ruas do bairro antigo vimos passar os blocos dos variados rítmos tão presentes e populares por lá. É muito bonito e divertido, mas realmente não dá mais pra mim. É desconfortável para quem não tem ânimo para brincar acompanhando as folias, ficar sentada em bares das calçadas só ouvindo e observando, melhor ver pela TV.

Para completar, neste ano, nem que tivesse com vontade de olhar alguma coisa daria para ir, é claro. Nem a reboque! As prévias aqui em Maceió foram animadas e bem variadas, lá por Jaraguá e pela orla. O carnaval mesmo, nem se ouve falar!

Continuo de molho, lendo, vendo filmes, TV e circulando pela internet. Mas tudo bem!

Um comentário:

Luciana disse...

Tia Ana!

Recebi seu e-mail e vim ver seu blog!

Mais que tíbia problemática!! Espero que ja esteja se recuperando!

Seus comentários me lembraram um velhinho de 91 anos que conheci no Natal. Com artrose severa que o impossibilita caminhar sozinho, comprou uma máquina digital de última geração e se diverte preenchendo álbuns com fotos 20x25 tiradas dos pássaros que pousam na varanda do apartamento, das placas de bronze que ele tem guardadas da época em que era dentista(e agora molda em formato de bandeira dos países com cor vermelho e branco), da vizinha tomando banho de piscina e até da Ana Hickmann na tv (da qual ele é absolutamente fã)! Nada mais óbvio que dizer que eu também virei fã dele na hora...

Bjos e saudade!

Luciana.